Páginas

sábado, 16 de julho de 2011

como será o amor
como será a paixão
quando um dia acaba o combustível
será que tudo tem de,invariavelmente, ter um fim
será que um dia nao dá pra ser feliz
esta escrita à caeiro liberta a mente
mas prende o meu cooraçao
os meus dedos as teclas
prende a minha vida a um fio que apesar de ainda grosso
tende a ficar fino e mais fino dia pra dia
palavras nao servem pra dizer o que sentimos quando sentimos
como sorrisos nao apagam lagrimas
como lanternas nao apagam a noite
acho que todos caminhamos passo a passo pra uma parede que pensamos que é a felicidade
mas que no fim acaba por ser a nossa maior dor
cada memoria cada recordçao cada lembrança atordoa a nossa cabeça
como flecha envenenada

será isto amor?
se assim é, prefiro seguir sozinho.

2 comentários:

BeatrizRodrigues disse...

And Mário os back ;D
OU melhor, só vi isto agora :o
Ohh pah, gostei (:
Mas, tens que ter calma e ser paciente, um dia as coisas irão evoluir e deixaras de pensar assim, confia em mim *

Paula disse...

Na vida vamos aprendendo com as pessoas erradas até encontrar a certa :)

Bom fim de semana.*